Notícia

Dicas para investir em embalagens inteligentes
    dicas

    Uma embalagem que conversa

    O que avaliar na hora de avaliar embalagens inteligentes?

    • O consumidor preza, cada vez mais, a informação. Então, antes de realizar uma ação com embalagens inteligentes pensando em divertir as pessoas, pergunte-se se não valeria a pena explorar algum aspecto funcional da embalagem ou do produto.
    • As tecnologias incorporadas nas embalagens inteligentes normalmente são utilizadas de forma visível ao consumidor, mas podem estar escondidas, para dar ao brand owner maior controle sobre processos que não estão em suas mãos (como a distribuição e a comercialização dos produtos). Defina, de antemão, qual o objetivo da informação a ser gerada pelas embalagens.
    • Ações muito complexas podem ser percebidas, pelo consumidor, como responsáveis pelo encarecimento do produto no ponto de venda, desestimulando a compra. Pergunte-se se esse custo realmente está sendo transformado em valor.
    • Embalagens inteligentes, especialmente aquelas que interagem com dispositivos móveis, possibilitam ações de engajamento que podem funcionar como estímulo adicional no ponto de venda. Entregue a informação certa para não desperdiçar esse engajamento.
    • Num ambiente sobrecarregado de informações, como as prateleiras do varejo, complexidade é contraproducente. Busque simplicidade e formas intuitivas de se comunicar com o consumidor.
    • Muitos consumidores aceitam ceder informações para as marcas, desde que recebam algo de valor em troca disso. Não negligencie essa oportunidade, e entenda que se trata de uma via de duas mãos.

     

    Compartilhe
    5 votos
    TAGS: tendências, futuro, embalagens inteligentes, segurança, proteção

    Não encontrou o que procura?

    Escreva abaixo os assuntos sobre embalagens que você gostaria de ver por aqui.