Notícia

Nanotecnologia nas cartelas blíster usadas no mercado farmacêutico
    Nanotecnologia

    Nanotecnologia em cartelas blíster

    Há alguns anos ouve-se falar nos benefícios que a nanotecnologia (manipulação da matéria em escala atômica e molecular) pode trazer para o universo das embalagens. Esse ramo da ciência, que trabalha na alteração das características dos materiais em escala nanométrica (na casa do milionésimo de milímetro), é um elo importante para facilitar a aproximação entre os centros de pesquisa e a indústria, buscando aplicações práticas para as descobertas realizadas em laboratório.

    Desenvolvida na Incubadora de Empresas de Base Tecnológica USP/Ipen - CIETEC e uma das participantes da atual edição do Braskem Labs , programa de aceleração de empreendedores da Braskem, a Nanomix é a criadora de uma tecnologia com potencial para melhorar o desempenho ambiental de cartelas blíster usadas no mercado farmacêutico - com a vantagem adicional de reduzir custos. Primeira empresa de nanotecnologia especializada em barreira contra umidade (WVTR - Water Vapor Transmission Rate), a Nanomix altera as propriedades físico-químicas do PVC, de forma que a resina possa substituir o PVDC (Policloreto de Vinilideno), um material importado e não-reciclável, nas embalagens.

    Realize o seu login ou faça o seu cadastro gratuitamente para ter acesso à notícia completa.

     

    Quer ler a notícia completa?

    Faça seu cadastro e tenha acesso a todo o conteúdo.

    Já é cadastrado? Faça seu login